As palavras, na batalha da sua intencionalidade

Aprender uma língua, neste caso, espanhol, não deixa de expor uma relação de poder, é necessário levar em conta que as palavras não são neutras, obedecem a uma intencionalidade, nesse momento viram veículos atrás de um objetivo final, vencer, ou convencer, ou solicitar desculpas, ou antecipar respostas, ou vender mais, ou motivar, ou melhorar a imagem ou agradecer, ou confessar, ou pregar ajuda ou rememorar uma desculpa…

Esse rolling-stone predica tempo, maturidade e batalha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


CAPTCHA Image
Reload Image

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.